Jogador de Vôlei Daniel, a Danny
Jogador de Vôlei Daniel, a Danny (Foto: Divulgação)

O jogador Daniel, membro do vôlei LGBT, e conhecido como Danny, morreu nesta terça-feira (02), localizado no Hospital Tropical de Manaus, Zona Centro-Oeste, depois de passar dois meses na luta contra uma bactéria no cérebro.

“Ela estava internada, até então se recuperando de uma bactéria no cérebro. Mas de sábado para domingo teve complicações e, nesta madrugada, não resistiu. Estamos todos arrasados”, lamentou o presidente do Grand Prix de Vôlei LGBT, Daniel Coelho.

Leia Mais:


Palm Spring se torna a primeira cidade dos EUA a eleger políticos LGBT

Após polêmica com Hirota, Carrefour lança cartilha sobre respeito a diversidade

Danny foi campeã do Grand Prix e Vice da Liga LGBT de Vôlei com o time da Espanha, e ainda foi condecorada como a melhor levantadora do torneio, pouco antes de ter descoberto a doença.

Coelho ainda disse que o Vôlei LGBT está em luto por causa da perda de Danny. “Peço que todos os atletas, dirigentes e movimentos esportivos que compõem a Arena Barrinho, CIVIC, Arena do Amor, CDCC do Coroado, Berg São Jorge, Liga Gay de Vôlei, LAIVAM, Copa do Mundo, entre outros, que façam um minuto de silêncio em memória deste grande atleta que hoje nos deixou. Assim seja. Amém!”, solicitou.

DEIXE UMA RESPOSTA