Grindr
Grindr [Foto: Divulgação]

Uma pesquisa realizada com usuários de iPhone nos Estados Unidos concluiu que aquelas pessoas que utilizam o famoso aplicativo de encontros gay, Grindr, costumam se sentir mais infelizes no dia-a-dia.

O levantamento feito pela Time Well Spent ouviu cerca de 200 mil usuários da ferramenta, que responderam quais os apps os deixavam mais insatisfeitos. O Grindr apareceu no topo do ranking das reclamações com 77% das citações. Seguido do game Candy Crush Saga (71%), da rede social Facebook (64%), além do WeChat (62%) e Candy Crush (59%).

Leia Mais:


Casal gay americano leva filho para conhecer Paris e fotos viralizam

“Ficou insustentável fingir que não existimos”, declara Linn da Quebrada sobre movimento LGBT

Outro app de encontro, este utilizado tanto por gays quanto héteros, o Tinder também foi apontado pelos entrevistados, com 56%. A famosa plataforma de compartilhamento de imagens, o Instagram também figura na lista, em 12º lugar, com 51%.

O estudo ainda elegeu, em contrapartida, os aplicativos que deixam as pessoas mais felizes. O Calm, usado para meditação apareceu no topo do ranking, com 99% de aprovação, empatado com o Google Calendar, Headspace e Insight Timer.  Já o aplicativo de streaming de música Spotify é responsável pela felicidade de 95% dos entrevistados.

DEIXE UMA RESPOSTA