Garoto de programa cobra R$ 5 mil para não divulgar vídeo íntimo com cliente
Garoto de programa cobra R$ 5 mil para não divulgar vídeo íntimo com cliente (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

A Polícia Civil de João Pessoa prendeu um jovem de 22 anos, que atuava como garoto de programa na capital da Paraíba, e tentou extorquir um dos seus clientes após gravar um programa sem autorização.

De acordo com a denúncia, o suspeito gravou o encontro dos dois com uma câmera escondida no quarto, e ameaçou publicá-lo caso o homem que contratou os seus serviços não lhe pagasse um valor de R$ 5 mil.

Leia Mais:


Justiça inicia processo de acusado de matar travesti no Ceará em 2017

Jovem é preso acusado de matar parceiro sexual após sofrer chantagem

Em um dos áudios enviados, o rapaz xinga a vítima ao ameaçá-lo. “Você vai me pagar até segunda-feira, seu safado, ou então eu vou publicar o vídeo para todo mundo ver, para sua mulher saber que você é veado”, disse. A polícia ainda investiga se outras pessoas foram alvo do mesmo golpe. As informações são do G1.

O caso foi denunciado pela própria vítima, que procurou as autoridades para relatar o caso. Segundo investigou a Grupo de Operações Especiais (GOE), o acusado filmou toda a relação com o homem, que era a seu cliente desde 2016, com uma câmera embutida em uma réplica de uma chave de carro.