Os atores em cena do filme Me Chame Pelo Seu Nome (FOTO: Divulgação)
Os atores Thimothée Chalamet e Armie Hammer em cena do filme Me Chame Pelo Seu Nome (FOTO: Divulgação)

Após muita especulação, o diretor Luca Guadamino finalmente confirmou a continuação de “Me Chame Pelo seu Nome”, um dos indicados ao Oscar 2018. Em entrevista ao Hollywood Repórter, o cineasta adiantou que a epidemia de Aids, nos anos 1980 será um dos assuntos abordados na trama.

“Acho que será uma parte muito relevante da história. Acho que Elio será um cinéfilo, e gostaria que ele estivesse no cinema assistindo ao filme ‘Uma Vez Mais’ (filme francês que foi pioneiro ao abordar o tema)”, afirmou ele.

Leia Mais:


Yance Ford é o 1º diretor trans a ser indicado ao Oscar

Laura Cardoso crítica casal lésbico em Malhação: “Não há necessidade de mostrar certas cenas”

O primeiro longa conta de um jovem de 17 anos (Thimothée Chalamet) que se apaixona pelo amigo do seu próprio pai (Armie Hammer) durante um verão preguiçoso na Itália, e já rendeu alguns prêmios, inclusive a indicação de Melhor Filme no Globo de Ouro, categoria que também concorre no Oscar, além de Melhor ator para Chalament.