LGBTfobia
LGBTfobia (Foto: Reprodução)

Um cozinheiro, identificado como Júlio Cesar Andrade, foi encontrado morto no domingo (21), dentro de sua casa, no bairro da Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, com vários sinais de golpes de faca. De acordo com a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), a vítima era gay e utilizava o apelido de Julia, na peixaria que trabalhava.

A polícia acredita que o crime aconteceu na madrugada. O corpo dele foi encontrado caído ao chão e ensanguentado, além da casa estar revirada. O cunhado de Andrade informou em depoimento à polícia que a vítima costumava tomar café na casa de sua mãe todo domingo, porém como não apareceu e não atendeu às ligações, resolveu ir até a residência procurar o parente.

Leia Mais:


“Ninguém me apoiava”, revela Ricky Martin sobre se assumir gay

Garoto de programa chantageia cliente com vídeo íntimo gravado sem autorização

Chegando ao local, o cunhado de Andrade encontrou o botijão e o aparelho de DVD do lado de fora. A casa não tinha sinais de arrombamento, mas o rapaz conta que precisou pular o muro para poder encontrar o homem assassinado.

A delegada Juliana Chiquito Palhares, da DHPP,  afirmou que irá apurar o caso, com investigações que contam também com o depoimento de colegas de trabalho do cozinheiro. A polícia trabalha com a hipótese de assassinato. No entanto, nenhum suspeito foi preso até esta segunda-feira (22).

DEIXE UMA RESPOSTA