Cerca de 88% dos indonésios consideram LGBTs como uma ameaça, revela sondagem

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma sondagem realizada em Jacarta, na Indonésia, revelou que cerca de 88% dos cidadãos do pais consideram a comunidade LGBT como uma ameaça. O levantamento foi feito entre os anos de 2016 e 2017, e ouviram 1.200 pessoas.

Em dados exatos, o relatório mostrou que 87,6% veem esta parcela da população como algo que pode lhes afetar diretamente, enquanto 79% não gostaria de ter vizinhos LGBTs e 89% não votaria em governantes que não sejam heterossexuais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia Mais:

Jogador é suspenso da Liga de Overwatch após comentário homofóbico contra rival gay

Bruno Gagliasso encara o desafio de se transformar em mulher; confira resultado

A rejeição é justificada em sua maioria por causa de ideais religiosos. 81,5% indicam que tendências homossexuais ainda são proibidas pelas sua respectivas doutrinas, medida que se a aplica a toda as religiões exercidas durante o estudo de opinião, analisado pelo Ade Armando, diretor de meios da consultora Saiful Mujani Research and Consulting.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio