Papa Francisco
Papa Francisco (Foto: Reprodução/Instagram)

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha revelou que 49% dos adeptos da religião católica se dizem mais flexíveis a respeito do casamento homoafetivo. Já entre os evangélicos esta mesma questão não é tão bem vinda, pois apenas 32% se mostrou a favor da união civil.

Entre os católicos 36% afirmaram ser contra ao matrimônio entre pessoas do mesmo sexo, enquanto os protestantes este número salta para quase o dobro: 68%.

O levantamento também quis saber em relação a adoção de crianças por casais homossexuais. Dentre os católicos, 56% concordou com a nova configuração de família, já os evangélicos, 64% se mostraram contra.


Leia Mais:

Pai estupra própria filha após garota revelar ser lésbica

Cozinheiro gay é encontrado morto com golpes de faca em sua casa no MS

Sobre o surgimento de uma lei que torne a LGBTfobia um crime, 77% dos católicos entrevistados  se mostraram a favor desta lesgislacão.

O estudo também revelou que pessoas com grau de instrução elevado e uma posição socioeconômica mais alta aprovam o casamento gay em 64%, número superior ao direito de adotar crianças que é de 61%. Entre os ateus, a aprovação chegou a 80%.