Ana Paula no BBB 18
Ana Paula no BBB 18 (Foto: Reprodução/TV Globo)

A participante Ana Paula do BBB 18 não poupou a emoção ao defender a sua permanência no programa após a formação do paredão neste domingo (28). Acusada de se dirigir ao líder Mahmoud de forma homofóbica ao chamá-lo de “viado” durante uma brincadeira na casa, ela rebateu as críticas e pediu ao público para continuar no jogo.

“Estou aqui sendo eu mesma, então quero pedir que vocês percam um tempinho do dia para me deixarem ficar aqui. Esse é meu sonho”, pediu a bruxa, que chegou a se declarar bissexual dentro do confinamento.

Ainda no depoimento de defesa, negou que tenha agido como homofobia para com o sexólogo. “Estou muito transtornada, e quero que todos vocês saibam que eu não sou homofóbica, de jeito nenhum”, disse aos prantos.


Leia Mais:

“Homofóbica e racista”, dispara ex-BBB Ana Paula sobre Família Lima

Ex-participante afirma que tem um homem trans no BBB 18

Depois, durante entrevista com Patrícia, Ana Paula seguiu chorando e respondendo as acusações de Mahmoud. “Esse cara não faz ideia, ficar me colocando como homofóbica. Não teve nada disso em momento algum”, disparou.

Nas redes sociais, as opiniões se dividiram. Enquanto alguns viram o comentário da sister como uma atitude homofóbica, outros acham que a jovem não teve a intenção de ofender, pelo tom usado ao dizer a palavra.

DEIXE UMA RESPOSTA