LGBTfobia
LGBTfobia (Foto: Reprodução)

Uma transexual, de 25 anos, identificada como Larissa, foi morta a pauladas dentro de um quarto de hotel, localizado na rua voluntários da Pátria, no bairro de Santana, zona norte da capital de São Paulo, neste domingo (17).

De acordo com a Polícia Civil, a mulher trans, que estava acompanhada por mais quatro homens, foi morta por volta das 7h30. Um funcionário do estabelecimento afirmou ter ouvido barulhos no quarto onde ocorreu o crime, quando o mesmo cessou, ele desceu até a entrada da garagem dos fundos, quando encontrou a vítima caída no chão e sem vida.

Leia Mais:


Juliano Cazarré se pronuncia sobre nude vazado na internet: “Um saco” 

Relatório revela que Brasil conta com 9,5 milhões de LGBTs

Os suspeitos deixaram o local e ainda não foram identificados. Policiais que estiveram presentes no local, disseram que Larissa era garota de programa e costumava fazer ponto na região. As investigações preliminares apontam que ela tenha sido espancada pelos homens com vigas de madeira.

O crime de homicídio foi registrado na 13ª Delegacia de Polícia (Casa Verde) e seguiu ao Departamento de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), que instaurou um inquérito para dar andamento à investigação do caso. Nenhum envolvido foi preso.

DEIXE UMA RESPOSTA