A Miss Universo 2015, Pia Wurtzbach
A Miss Universo 2015, Pia Wurtzbach (Foto: Divulgação)

Uma declaração feita pela Miss Universo 2015, Pia Wurtzbach, durante uma entrevista para o programa Tonight with Boy Abunda, da TV local Filipina, vem causando bastante polêmica. Na ocasião, ela afirmou que gostaria de ter um filho gay para poder ajudá-la a se vestir.

“Eu realmente acho que se tivesse filhos gays eles me ajudariam quando eu envelhecesse. Não que isso não aconteceria se eles fossem héteros, mas com base em minha experiência, os gays têm uma maneira extraordinária de cuidar dos outros. Eu queria ter alguém ao meu lado que se entusiasmasse para me vestir, me maquiar e cuidar de mim. Eu queria que ele fosse meu melhor amigo”, afirmou.

Leia Mais:


Após casal lésbico, personagem sofre homofobia em Malhação

Namorada surpreende atleta olímpica Rafaela Silva com pedido de casamento na Disney

A visão estereotipada da modelo em relação aos gays repercutiu negativamente nas redes sociais, e resultou em uma chuva de críticas destinadas à vencedora do concurso de beleza. Com isso, Pia voltou às redes sociais para se defender alegando que foi mal interpretada. “Estou chocada ao ver os comentários sobre o que eu disse no TWBA”, escreveu.

“Por favor, não me interpretem mal. Sempre expressei meu afeto em relação à comunidade LGBT. Foi apenas uma entrevista descontraída, cara! Isso não significa desrespeito a ninguém. Não queria ser ruim. Não queria ofender ninguém. Desculpe pelo mal-entendido”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA