Topo bolo de casamento
Topo bolo de casamento (Foto: Reprodução/Internet)

Um levantamento realizado pela Universidade de Qingdao, na China, revelou uma realidade da sociedade do país oriental que serve de alerta sobre como o machismo e a heteronormatividade podem influenciar uma boa parcela da população ao constatar que muitos gays vive uma relação heterossexual por aparência.

Dados da pesquisa apontaram que cerca de 16 milhões de mulheres chinesas estão em um casamento de fachada com maridos homossexuais enrustidos.

Leia Mais:


Governo começa a distribuir medicamento de prevenção ao HIV

Polícia interrompe festival de cinema LGBTQ em Uganda

O motivo para existir tantos gays dentro do armário e vivendo uma vida que não compete ao seu verdadeiro desejo sexual, é a forte pressão social imposta aos cidadãos chineses a constituírem família, já que o país é um dos mais conservadores do mundo.