As bonecas distribuídas pelo Governo do Estado usam roupas e acessórios femininos, mas muitas reproduzem pênis
As bonecas distribuídas pelo Governo do Estado usam roupas e acessórios femininos, mas muitas reproduzem pênis (Foto: Reprodução/Facebook)

Brinquedos distribuídos para crianças da cidade de Nova Gama em uma ação natalina da Organização das Voluntárias de Goiás, com o apoio do Governo Estadual, vêm causando polêmica. Pais de meninas que receberam alguns dos produtos acusaram o órgão de doar “bonecas transgêneros”.

Fotos e vídeos das bonecas foram compartilhadas na internet e mostram o brinquedo aparentemente com nome e vestes femininas, mas ao tirar a roupa pode ser visto um pênis reproduzido. Em outros exemplares, é possível ver a representação de um ânus, o que gerou o questionamento sobre a necessidade das partes do corpo se não serão utilizadas.

Apesar das críticas muitos viram a distribuição dos presentes de maneira positiva, como uma forma de ensinar as crianças sobre identidade de gênero e diversidade. Foram distribuídos cerca de 12 mil brinquedos às crianças do município.


Leia Mais:

Fã surpreende Serginho Groisman ao revelar sonhos eróticos com o apresentador

Transexual é morta a pauladas por quatro homens em hotel de São Paulo

Em nota única, o Governo de Goiás e a Organização das Voluntárias de Goiás não comentaram a polêmica. Segundo eles, o objetivo da ação foi presentear as crianças. Não foi revelada a empresa responsável pela criação dos presentes ou o valor gasto na compra dos brinquedos.

“Os mesmos bonecos e bonecas (devidamente vestidos) entregues neste Natal já foram distribuídos no ano passado. A variedade de presentes é uma forma de mais uma vez agradar às crianças dos 246 municípios goianos, não havendo outro objetivo senão presenteá-las”, diz o texto.