Beijo lésbico
Beijo lésbico (Foto: Reprodução/Internet)

Uma mulher foi presa na Tanzânia após um vídeo no qual aparece beijando e abraçando outra começar a circular na internet. O país lesteafricano vê a homossexualidade como uma “ofensa criminal”, e as penas podem chegar até a prisão perpétua.

De acordo com a polícia, a moça em questão, mora na cidade de Geita, localizada na região Noroeste, e aparece nas imagens trocando carícias, além de presentear a companheira no registro com um anel.

Leia Mais:


“Me sinto menino”, revela Bárbara Paz sobre gênero

Modelo trans Lea T reproduz clássica obra de arte em capa da revista Elle

“Posso confirmar que uma mulher está sob custódia por causa daquele vídeo. Vamos emitir mais detalhes posteriormente depois que concluirmos nossas investigações”, disse o chefe da polícia de Geita, Mponjoli Mwabulambo, à Reuters, por telefone.

Desde que assumiu o poder, em 2015, o governo do presidente John Magufuli intensificou a repressão contra os homossexuais no país. Em junho, a gestão anunciou que iria prender e expulsar ativistas, além de revogar o registro de todas as organizações não governamentais de direitos dos LGBTs.