Prisão
Prisão (Foto: Reprodução/Internet)

Um  português, de 48 anos, acusou o namorado de estupro, sequestro e espancamento, durante três meses, na casa que o casal dividia há mais de vinte anos, em Vila Nova da Gaia, na cidade de Porto, localizada na região metropolitana.

De acordo com a vítima, os desentendimentos com o companheiro tiveram início em agosto, após uma briga na qual foi impedido de sair de casa. A partir de então, ele foi mantido em cativeiro pelo amante.

Leia Mais:


47% dos gays relatam sofrer homofobia de membros da família

Parceira da Hirota, Daiso emite nota de repúdio à cartilha que condena casamento gay

O rapaz contou que passou a viver trancado dentro de casa, e quando o parceiro saía, o deixava dentro de um quarto escuro, amarrado por uma coleira de ferro no pescoço, presa a uma corrente fixada no chão.

Após conseguir fugir do local, no qual vivia aprisionado, o homem pediu abrigo a um amigo e chamou a polícia, que agora investiga o caso. Não há informações se o autor do crime foi preso.

DEIXE UMA RESPOSTA