Gay com insônia
Gay com insônia (Foto: Reprodução/Internet)

Como anda as suas noites de sono? Gays são mais propensos a terem insônia, pelo menos é o que concluiu um estudo realizado pela National Center for Health Statistics, de Atlanta nos Estados Unidos.

A pesquisa foi divulgada pelo Daily Mail e constatou que tanto homens quanto mulheres homossexuais tem mais chances de desenvolver distúrbios do sono. Muitos deles chegam a ter que entrar em tratamento com medicamentos para dormir, índice superior comparado com o número em heterossexuais.

Leia Mais:


Coral da CCTLGBT faz última apresentação gratuita do ano

Pais abandonam bebê após doação de mulher trans na Índia; criança é adotada por doadora

Os pesquisadores ouviram em torno de 46 mil homens e 56 mil mulheres norte-americanas, que responderam questões sobre a qualidade do sono e quantidade de horas que dormiam durante a noite e também durante as 24 horas.

A Fundação Nacional do Sono, de Atlanta, estima que o número de horas necessárias para um descanso total para uma pessoa adulta é entre sete ou nove e sete a oito para os mais idosos com média de 65 anos ou mais.