Centro de Ciddania LGBT em São Paulo
Centro de Ciddania LGBT em São Paulo [Foto: Reprodução/Google]

O Centro de Cidadania LGBT Luiz Carlos Ruas, que costuma atender e acolher pessoas LGBT em situações de vulnerabilidade, além de prestar serviços a toda comunidade no bairro da Consolação, em São Paulo, foi alvo de um ataque no último final de semana.

De acordo com informações da Coordenação de Políticas para LGBT, da Prefeitura de São Paulo, responsável pelo espaço, o local foi invadido, vandalizado e roubado. Os criminosos chegaram a defecar no local e usaram os documentos para se limpar. Além disso foi encontrada urina em vasos de flores, e cadeiras, projetores e computadores destruídos.

“Todas as torneiras foram abertas, com o claro objetivo de alagarem a casa. Além disso, todos os cabos dos computadores e da rede de telefonia foram cortados, com a intenção de calar a voz e o trabalho em prol da comunidade LGBT”, diz nota divulgada pelo órgão.


Leia Mais:

Em sessão na Câmara, mulher compara gays a pedófilos, necrófilos e zoófilos

Casal gay sofre homofobia em hotel na Itália

A entidade abriu um Boletim de Ocorrência para que o caso seja apurado, a fim de identificar os possíveis responsáveis pelo ataque. “No entanto, nenhum objeto levado causou mais dor, tristeza e consternação do que a agressão ao nosso trabalho e tudo que ele representa”, lamentou o comunicado.

“Mais do que equipamentos públicos da administração municipal, os Centros de Cidadania LGBT representam um valor e uma postura diante do mundo, a fim de combater todas as violências diariamente enfrentadas pela população LGBT – desde a física até aquela silenciosa na qual todos os direitos são negados, até mesmo de ser chamado pelo nome social.”

DEIXE UMA RESPOSTA