Rômulo Arantes Neto
Rômulo Arantes Neto (Foto: Divulgação/TV Globo)

O ator Rômulo Arantes Neto abriu um processo contra o Google para que sejam retiradas imagens relacionadas ao vídeo dele se masturbando na webcam, que ficou famoso na internet em 2010, das buscas.

De acordo com o jornalista Leo Dias, do jornal O Dia, a decisão da briga judicial saiu na semana passada, e deu parecer favorável ao site de pesquisas. O jovem pediu uma indenização no valor de R$ 250 mil pela hospedagem das imagens em várias páginas.

Leia Mais:


Jogador de basquete israelense Uri Kokia assume ser gay em entrevista

Internet pira com estreia de Felipe Titto em O Outro Lado do Paraíso

O desembargador responsável pela sentença explicou que “a indenização não acontecerá por parte do Google porque foi o próprio ator que colocou o vídeo na internet”. Nenhuma das partes quis comentar o caso. Rômulo, porém, terá que pagar as custas do processo.

DEIXE UMA RESPOSTA