Twitter pede desculpas após censurar conteúdo LGBT em buscas

Twitter
Twitter [Foto: Reprodução]

O Twitter pediu desculpas a comunidade LGBTQ, após censurar todo conteúdo referente ao público, o classificando como impróprio depois da mudança das políticas de conteúdo. O comunicado foi publicado pela rede social no último domingo (05). 

A partir da nova política, hashtags como #gay, #lesbian e #bissex foram ocultadas para os usuários. A ação fez com que ativistas dos direitos LGBT organizassem protestos contra o microblog. 

Leia Mais:


Conar dá parecer favorável à Natura após polêmica propaganda com beijo lésbico

Suposta nude de Harry Judd, do McFly, agita redes sociais; veja

Em sua defesa, o Twitter informou que tudo passou de um erro, que será corrigido em breve. “Identificamos um erro com os resultados de busca para determinados termos. Nos desculpamos por isso. Estamos trabalhando rapidamente para resolver e os atualizaremos em breve.”, afirmou a rede social. 

Vale lembrar que algo parecido aconteceu com o YouTube em março deste ano, quando vídeos que apoiassem a causa LGBT foram varridos das buscas, quando a opção Modo Restrito estava ativada. Após a repercussão negativa, a plataforma também se pronunciou e se propôs a reparar o erro. 


DEIXE UMA RESPOSTA