Homossexual morto em Alagoas é a 18ª vítima de assassinatos à LGBTs em 2017 no estado

LGBTfobia
LGBTfobia (Foto: Reprodução)

A LGBTfobia fez a sua 18ª vítima fatal no estado do Alagoas, deste ano. Genaldo dos Santos foi morto com golpes de arma branca, em um terreno próximo a sua casa, na madrugada desta quinta-feira (02). De acordo com testemunhas, o corpo do homem gay apresentava perfurações no pescoço.

Uma ambulância do Samu chegou a ser acionada, mas o rapaz não resistiu aos ferimentos. A polícia chegou a se deslocar ao local do crime, e fez buscas pelas redondezas, mas não conseguiu identificar nenhum suspeito que pudesse ter ligação com o homicídio.

A morte de Genaldo entra para as estatísticas e se torna o 18º assassinato contra pessoas da comunidade LGBT. Os números caminham para se igualar, ou até mesmo, superar os crimes desta natureza em relação ao ano passado, no qual 21 pessoas foram vítimas da ação de assassinos.


Presidente do Grupo Gay do Alagoas (GGAL), Nildo Correia, os LGBTs vivem um momento de insegurança no estado, e que a ONG vem cobrando a posição da Secretaria de Segurança Pública (SSP) cobrando providências.

Leia Mais:

Tribunal barra veto de Trump à pessoas trans nas Forças Armadas dos EUA

Daniela Mercury fala sobre casamento com Malu Verçosa: “Nosso amor inspira coragem”

“Infelizmente vivemos um momento de insegurança, quebra de direitos, e tudo isso contribui com esse desencadeamento da violência. Mas independente de ser mais um crime homofóbico ou não, o grupo Gay de Alagoas cobrará a elucidação do caso. Até a nossa última contagem, menos da metade teria sido solucionado”, afirmou ele ao portal Gazeta Web.

Uma das reivindicações do GGAL seria a reativação do Grupo de Trabalho de Segurança Pública que monitorava os crimes cometidos contra a população LGBTI no estado. “Na oportunidade pedimos a ajuda da secretária Cláudia Simões, no sentido de reativar o GT. Ela mesma se prontificou em nos acompanhar até a SSP para cobrar ao secretário a reativação do GT”, disse.


DEIXE UMA RESPOSTA