Eriberto Leão sobre repercussão de personagem gay em novela: “Recebo mensagens de pessoas que viveram esse dilema”

O ator Eriberto Leão
O ator Eriberto Leão [Foto: Raquel Cunha/TV Globo]

Intérprete do personagem gay enrustido Samuel, na novela O Outro Lado do Paraíso, o ator Eriberto Leão revelou, em entrevista ao jornal Extra, que o psiquiatra é o maior desafio da sua carreira.

“Nunca tinha vivido um personagem com essas características, o processo é bem diferente. Este é, talvez, o maior desafio da minha vida”, contou ele, que pela primeira vez em sua carreira, passou batom e vestiu lingerie em uma das sequências do papel.

Leia Mais:


Estudo revela aumento no número de personagens LGBTs em produções da TV americana

Novela Pega Pega fará protesto contra corte de patrocínio da prefeitura para Parada LGBT do Rio

Ainda na publicação, Leão compartilhou como o público tem recebido o personagem. “Tenho tido um retorno muito forte. Recebo mensagens de pessoas que viveram esse dilema, e isso me toca muito. Fico feliz que muitos estão sendo tocados, de algum modo, pela trajetória e pelos conflito de Samuel. Sinto um prazer muito grande em vivê-lo e poder revelar essa alma”, afirmou empolgado.

“Ele é uma bomba-relógio. Está escondendo muitas coisas há muito tempo. Uma hora, tudo virá à tona, né?”. Sobre a relação que o médico irá desenrolar com Cido (Rafael Zulu) que entrará em breve na trama, Eriberto faz mistério “Isso nós vamos descobrir juntos”, absteve-se.


DEIXE UMA RESPOSTA