Deputado norte-americano Wesley Goodman
Deputado norte-americano Wesley Goodman [Foto: Divulgação]

Conhecido por atacar e sempre se mostrar contra a comunidade LGBT, o deputado norte-americano Wesley Goodman surpreendeu e chocou a todo o mundo ao ser revelada a sua verdadeira condição. Casado com uma mulher, o parlamentar foi flagrado fazendo sexo com outro homem dentro do seu gabinete, de acordo com o jornal Columbs Dispatch.

O episódio teria sido o motivo para que Goodman decidisse renunciar o cargo, na noite da última terça-feira (14), por praticar “conduta inapropriada”, em local de trabalho. Em nota, ele informou o seu afastamento e lamentou o ocorrido.

“Todos nós trazemos nossas lutas e provocações para a vida pública. Isso tem sido verdade para mim. Lamento com sinceridade que minhas ações e escolhas me impediram de servir aos meus eleitores e ao nosso estado de forma a refletir os melhores ideais do serviço público. Para aqueles que decepcionei, me desculpe”, disse no comunicado.


Leia Mais:

Milhares de pessoas declaram resistência na Parada do Orgulho LGBTI do Rio

Após reação conservadora, Televisa exibe beijo gay pela primeira vez em novela

Ainda segundo a publicação, o homem com o qual o político fez sexo no escritório, não era funcionário da Câmara e nem outro deputado. Nenhuma denúncia de assédio contra ele foi registrada.

Após a repercussão, o site de Wesley foi tirado do ar e sua conta no Twitter foi configurada para o modo privado. Na página oficial, havia um texto no qual reforçava as suas convicções cristãs. “liderando a luta pelos princípios conservadores como orçamento equilibrado, impostos mais baixos, a revogação do Obamacare [reforma de saúde implementada por Barack Obama] e a liberdade religiosa e de vida”. Com informações do Washington Post.