Capa da revista Marie Claire, Pabllo Vittar sofre ataque de leitoras

A drag queen Pabllo Vittar
Pabllo Vittar na capa da revista Marie Claire [Foto: DIvulgação]

Como o Observatório G noticiou ontem (31), a drag queen Pabllo Vittar é um dos destaques da edição de novembro da revista Marie Claire, na qual comentou sobre a carreira e vida pessoal, como quando decidiu assumir a homossexualidade para a família.

A publicação exalta a diversidade de corpos e traz também as cantoras Iza e Gal Costa. Porém, algumas leitoras mais conservadoras não aprovaram a escolha do performer para estrelar a principal reportagem da edição.

Leia Mais:


Peça que retrata romance lésbico nos anos 1920 reestreia em SP com temporada gratuita

Lutador pede desculpas à comunidade LGBT após declarações homofóbicas contra colega

No Instagram, muitas consumidoras atacaram a revista. Uma das seguidoras chegou a dizer que tem “nojo” da cantora. Outras questionaram o fato de Pabllo ser homem, quando não está montado montado, e ganhar destaque em uma revista feminina.

Em resposta às reações preconceituosas, a Marie Claire defendeu a escolha de Pabllo para estampar a capa da revista. A posição da revista foi aceita por outros internautas que os apoiaram. “Obrigado Marie Claire foi lindo fazer esse trabalhou”, agradeceu Pabllo nos comentários do post.

Leitoras atacam escolha de Pabllo Vittar para ser capa da revista Marie Claire (Foto: Reprodução/Instagram)


DEIXE UMA RESPOSTA