O ator Hugh Hunter
O ator Hugh Hunter [Foto: Divulgação]

O ator pornô gay Hugh Hunter denunciou a organização da The GayVN Awards, premiação erótica anual, por ter cometido racismo. Em comunicado publicado em seu perfil no Twitter, ele acusou a premiação de separar as indicações por categorias étnicas.

“Por que essas cenas não foram incluídas na categoria de ‘melhor cena”? Por que uma empresa de pornografia gay escolheria separar os grupos minoritários em sua própria raça em um evento que deveria celebrar a indústria gay na sua totalidade?”, questionou ele, afirmando que os produtores segregam os filmes por latinos, negros e asiáticos.

Hunter ainda fez uma crítica ao fato de as categorias terem sido lançadas justamente nesta época que a discussão sobre raça está tão em pauta. “Por que essa categoria seria criada em 2017, quando o clima político é tão denso quanto a divisão racial neste país? Por que eles chamariam isso de étnica?”, continuou.


Leia Mais:

Ator Bruno Gadiol afirma já ter beijado um rapaz

Inês Brasil rebate críticas de apresentadores do Fofocalizando: “Um mais feio e gordo que o outro”

“Eu quero ser lembrado por dar um passo à frente e começar um movimento para finalmente acabar com o racismo e a intolerância nesta indústria sitiada”, acrescentou.

Por fim, o ator pornô lembrou que por sermos todos iguais não devemos ser separados pelo tom da pele. “Somos membros da família LGBTQ. Esta família inclui todas as cores do arco-íris e todas as pessoas de todos os cantos do mundo. Portanto, nós somos educadores da sexualidade. Vamos ser os melhores educadores que
podemos ser”, concluiu.