Vacina HPV
Vacina HPV (Foto: Reprodução/Internet)

Um estudo epidemiológico do Ministério da Saúde, divulgado nesta segunda-feira (27), constatou que mais da metade da população brasileira está infectada com o HPV, vírus transmitido através de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST’s) e que pode desencadear o câncer de colo do útero.

Os pesquisadores concluíram que 54,6% da população apresentam o vírus. Desta parcela, 38,4% estão em um nível de alto risco para o desenvolvimento de câncer. Os dados foram revelados a partir da entrevista de 7.586 pessoas, que se submeteram a exames. 

A vacina já é disponibilizada no Sistema Único de Saúde (SUS), para meninas de 9 a 14 anos. O imunizante também esteve disponível para meninos de 11 a 14 anos. Porém, o governo federal tem tido dificuldades de alcançar a cobertura vacinal ideal. Nos últimos anos, a taxa de adesão tem ficado em 50%.


Leia Mais:

Cresce em quase 1.000%, o número de portadores da Hepatite A em São Paulo

Piso de boate gay desaba e deixa dezenas de pessoas feridas

Ainda de acordo com o ministério é a primeira vez que há uma estimativa da prevalência do vírus dentre os brasileiros . Dentre as cidades brasileiras, Salvador foi a que mais apresentou portadores do vírus, com  71,9% da população infectada, seguida de Palmas (61,8%), Cuiabá (61,5%) e Macapá (61,3%).

Já a capital Recife apresenta o menor índice com 41,2%, já São Paulo mostra uma taxa de 52%, próximo do número nacional. O estudo também mostrou que 16,1% dos jovens são portadores de alguma DST, a partir da prévia do teste positivo para HIV ou sífilis.