Vereador ameaça prender Pabllo Vittar em Ponta Grossa (PR)

A drag queen Pabllo Vittar
A drag queen Pabllo Vittar (Foto: Reprodução/TV Globo)

WTF?! Um vereador de Ponta Grossa (PR), ligado a bancada evangélica (sempre ela!), ameaçou prender a drag queen Pabllo Vittar, caso ela caminhe pela cidade, onde irá se apresentar na 28ª Munchen Fest, na qual será uma das atrações de abertura, no dia 05 de dezembro. 

Ao jornal Paraná Portal, o pastor Ezequiel Bueno (PRB) se mostrou desapontado pelo show da performer no município. “Quero lamentar por que vão trazer essa pessoa para Ponta Grossa, em uma cidade família. Em uma cidade que brigamos no plano de educação para tirar ideologia de gênero nas escolas. Em uma cidade que somos conservadores, pais, mães e trabalhadores”, afirmou.

Leia Mais:


Grupo As Baphônicas lança nova música; Ouça Exército da Causação

Conheça a líder alemã Alice Weidel, lésbica assumida que é contra o casamento gay

Bueno reconheceu que não pode prendê-la sem nenhuma acusação criminal, mas garante que irá fazer, mesmo que seja detido por abuso de poder. “Quem quiser ir no show pode ir sem problema, desde que não seja com o meu dinheiro. E acho que vai pouca gente. Mas se inventar de sair na rua ou nas escolas, eu vou prender. Mesmo que depois eu seja preso por abuso de autoridade, como já falei e falo de novo. Não vamos deixar isso acontecer”, acrescentou.

O vereador se refere a notícia que o deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) iria passar por escolas de todo o Brasil, ao lado de Pabllo, para ensinar sobre diversidade sexual. Fato devidamente desmentido pelo parlamentar.

Ezequiel Bueno ainda questionou a vice-prefeita, também presidente da Fundação Municipal de Turismo, Elizabeth Schimidt (PSB) e o prefeito Marcelo Rangel (PPS) sobre o investimento de dinheiro público em festas com a drag e também a escolha da artista para o evento.


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA