Polícia prende suspeitos que tentaram matar transexual foragidos há 7 anos

Leandro Gomes e Jeane Dias fugiram para São Paulo, após cometerem o crime
Leandro Gomes e Jeane Dias fugiram para São Paulo, após cometerem o crime (Foto: Divulgação/SSP)

Os jovens Luciano Gomes dos Santos, de 26 anos, e Jeane Dias da Silva, de 27, acusados de tentativa de homicídio contra a transexual Nati Mota, na cidade de Maiquinique, no sul da Bahia, em 2010, foram finalmente capturados pela polícia local, na última semana.

Os suspeitos tiveram as prisões decretadas no último dia 10 de outubro, e foram identificados após um vídeo ser divulgado na internet da época do ocorrido, no qual mostra Jeane agredindo a vítima no chão de um hospital, onde ela teria ido pedir socorro. Nas imagens, a agressora dá chutes e pontapés no rosto de Nati, que está deitada e ensanguentada. A polícia descarta que o crime tenha sido motivado por transfobia.

Leia Mais:


Colton Haynes revela como seu noivo reagiu à cena de sexo de American Horror Story

Vídeo com Justin Bieber do Vidigal de sunga enlouquece internautas

O delegado Irineu Andrade, da delegacia de Maiquinique, explicou que após cometerem o crime, os dois fugiram para São Paulo, onde passaram todos esses anos até retornarem para o município na semana passada, quando foram capturados. Luciano foi encaminhado para a Delegacia de Macarani e Jeane Dias para a de Maiquinique. Ambos estão à disposição da justiça e irão responder por tentativa de homicídio.

 

Vídeo no qual a acusada agride transexual que tentou matar (Foto: Reprodução/Facebook)

DEIXE UMA RESPOSTA