Eduardo Costa dá show de desinformação e critica debate de gênero: “Fim da picada”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O cantor sertanejo Eduardo Costa usou o seu perfil no Instagram para tecer críticas a polêmica performance no Museu de Arte Moderna de São Paulo – na qual uma criança toca o pé de um homem nu, deitado no chão da sala -, e também a algo que ele chama de “ideologia de gênero”.

“Será mesmo que isso é arte? Ou será Jesus voltando? Parece que o capeta está morando no museu de arte de São Paulo e resolveu ensinar arte pra criancinhas. Eu jamais deixaria minha filha nem ver uma foto dessas, quanto mais ir numa desgraça dessas”, disparou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia Mais:

Eriberto Leão fala de personagem gay enrustido em O Outro Lado do Paraíso: “Vive na mentira”

DC Comics ganha prêmio por representatividade LGBT nos quadrinhos

Ainda no post, Costa também opinou sobre o debate de gênero. De maneira equivocada, ele condenou a discussão presente na sociedade. “Ideologia de gênero, você sabe o que é isto? Então, responda aqui nos comentários. Querem fazer meninas virarem meninos e meninos virarem meninas. Uma putaria só. É o fim da picada. Tem lógica, não.“, escreveu.

O post foi apagado momentos depois, mas prints circulam pela internet.

Confira:

O cantor sertanejo Eduardo Costa fez críticas ao debate de gênero (Foto: Reprodução/Instagram)
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio