Conservadores organizam boicote à revista Veja após matéria sobre crianças trans

Reportagem de capa da revista Veja, desta semana traz histórias de crianças trans
Reportagem de capa da revista Veja, desta semana traz histórias de crianças trans [Foto: Divulgação/Revista Veja]

A principal reportagem da revista Veja desta semana, em circulação a partir desta sexta-feira (13) foi alvo de protestos e pedidos de boicote pelos mais conservadores. A matéria aborda sobre a questão dos transgêneros, assunto em voga na sociedade por causa da repercussão do personagem Ivan (Carol Duarte), na novela A Força do Querer.

Com a manchete “Meu Filho é Trans”, a publicação conta a história de crianças que percebem ter uma identidade de gênero diferente da qual foram designadas ao nascer. Logo, a revista recebeu inúmeras críticas nas redes sociais.

Leia Mais:


Câmara de Angra dos Reis aprova projeto de lei que dá direito a casais gays de ingresso em programas sociais

Transformista Suellen Pinheiro participa de A Força do Querer e desabafa: “Desinformação é enorme”

Em um dos posts veiculados pelas redes sociais, mostra a capa da edição desta semana com a frase “Fake news” carimbada em uma arte, com o pedido “Deixem as crianças em paz”, além de pedirem para que as pessoas deixem de seguir a página da Veja nas redes sociais.

A hashtag “#VejaLixo” figurou no topo dos assuntos mais comentados no Twitter, que se dividem em mensagens dos que são contra a revista e se dizem a favor dos “valores tradicionais”, e aqueles que defendem a publicação.

Capa da Revista Veja sobre crianças trans [Foto: Divulgação/Revista Veja]

DEIXE UMA RESPOSTA