Reportagem de capa da revista Veja, desta semana traz histórias de crianças trans
Reportagem de capa da revista Veja, desta semana traz histórias de crianças trans [Foto: Divulgação/Revista Veja]

A principal reportagem da revista Veja desta semana, em circulação a partir desta sexta-feira (13) foi alvo de protestos e pedidos de boicote pelos mais conservadores. A matéria aborda sobre a questão dos transgêneros, assunto em voga na sociedade por causa da repercussão do personagem Ivan (Carol Duarte), na novela A Força do Querer.

Com a manchete “Meu Filho é Trans”, a publicação conta a história de crianças que percebem ter uma identidade de gênero diferente da qual foram designadas ao nascer. Logo, a revista recebeu inúmeras críticas nas redes sociais.

Leia Mais:


Câmara de Angra dos Reis aprova projeto de lei que dá direito a casais gays de ingresso em programas sociais

Transformista Suellen Pinheiro participa de A Força do Querer e desabafa: “Desinformação é enorme”

Em um dos posts veiculados pelas redes sociais, mostra a capa da edição desta semana com a frase “Fake news” carimbada em uma arte, com o pedido “Deixem as crianças em paz”, além de pedirem para que as pessoas deixem de seguir a página da Veja nas redes sociais.

A hashtag “#VejaLixo” figurou no topo dos assuntos mais comentados no Twitter, que se dividem em mensagens dos que são contra a revista e se dizem a favor dos “valores tradicionais”, e aqueles que defendem a publicação.

Capa da Revista Veja sobre crianças trans [Foto: Divulgação/Revista Veja]