Conheça a líder alemã Alice Weidel, lésbica assumida que é contra o casamento gay

Alice Weidel
Alice Weidel (Foto: Reprodução/Getty Images)

Enquanto boa parte da Alemanha comemora os primeiros casamentos homoafetivos realizados no país desde o início do mês, por outro lado algumas frentes parlamentares faz questão de se mostrar contra o avanço, e pior quando esse tipo de discurso vem de pessoas que fazem parte da comunidade LGBT, como é o caso da líder Alemã Alice Weidel.

Apesar de ser assumidamente lésbica, a integrante do partido de extrema-direita AfD (Alternativa para a Direita) criticou a aprovação do projeto de lei que legaliza a união homoafetiva, em junho. “Falar em ‘casamento para todos’ enquanto milhões de muçulmanos imigram ilegalmente para a Alemanha é uma piada!”, escreveu ela em seu perfil no Twitter.

Leia Mais:


Prestes a casar, Ricky Martin dispara: “As pessoas precisam ver uma família não hétero”

Pesquisa revela que masturbação no trabalho alivia o stress e ajuda nos resultados

Weidel segue os ideais do seu partido. que após o resultado da votação no parlamento alemão divulgou uma nota lamentando a decisão. “Com profunda tristeza, nos despedimos da família alemã, cuja proteção constitucional foi enterrada pelos ‘representantes do povo’ no Parlamento.”, disse em comunicado.

Porém, a política garante que o AfD não tem uma postura homofóbica. “Se você olhar de perto, a AfD é a única proteção real para gays e lésbicas na Alemanha”, afirmou ela a um blog.”ser a favor da família tradicional não significa que você rejeita outros estilos de vida. O fato de eu ter sido escolhida para ser a principal candidata do partido mostra o quanto ele é tolerante”. ressaltou em entrevista ao Finacial Times.


DEIXE UMA RESPOSTA