Autor de biografia de Leonardo da Vinci afirma que gênio era gay

Leonardo da Vinci
Leonardo da Vinci (Foto: Reprodução)

Considerado um dos maiores gênios de todos os tempos, Leonardo da Vinci guardava um segredo um tanto peculiar que os livros de História não contaram: ele era gay! A revelação foi feita na sua mais recente biografia, escrita por Walter Isaacson, que explicou como o italiano lidava com a sua sexualidade e os seus parceiros.

“Ele era gay, sem dúvida. Teve ao menos dois companheiros do sexo masculino ao longo da vida, e nunca se envergonhou disso. Seus retratos do namorado Salai, aliás, são lindos”, elogiou Isaacson, em entrevista à revista Veja.

Leia Mais:


Ibope aponta homofobia como um dos maiores preconceitos do brasileiro

Vídeo com Harry Styles sendo apalpado por fãs viraliza na internet

O autor ainda afirmou que da Vinci sintetiza todos os outros gênios. “Ele foi o gênio mais criativo da história, pois tinha sede de investigar todos os campos do conhecimento. Via conexões entre anatomia e arte, ou o fluxo das águas e o voo dos pássaros. Todos os dias, fazia anotações obsessivas sobre os mistérios da natureza”, compartilhou.

Sobre o legado que o Leonardo deixou para a modernidade, Isaacson acredita que “O que torna Leonardo fascinante é que ele era muito humano. Ele cometeu erros. Ele procrastinou. Ele deixou projetos inacabados. Nós, simples mortais, podemos nos identificar com ele e tentar ser mais abertos às maravilhas da criação seguindo sua inspiração, em qualquer momento da vida”, opinou.


DEIXE UMA RESPOSTA