“As mulheres se aproximam mais de mim” conta Fábio Lago sobre personagem gay de nova novela

O ator Fábio Lago caracterizado como Nick (FOTO: Instagram)
O ator Fábio Lago caracterizado como Nick (FOTO: Instagram)

A gente já contou por aqui que o ator Fábio Lago será um divertido cabeleireiro nordestino com toques de feminilidade na próxima novela das 21h da Rede Globo. Algo numa linha David Brazil talvez. E nesta semana mais detalhes sobre o seu personagem de O Outro Lado do Paraíso foram revelados. E foi o próprio ator quem comentou as novidades sobre sua caracterização.

Gosto de passar por mudanças extremas, poder transitar entre o drama e o humor. Por um personagem, faço o que for. Até tirar um dente, se valer a pena” — afirmou Lago, que na época da novela “Caras & Bocas” (2009) divertiu o público com diversas caracterizações, como Cupido ou baiana vendendo acarajé.

Com brilho labial, brincos, unhas devidamente bem feitas e bem pintadas, sobrancelhas delineadas, apliques com mechas louras e um bocado de feminilidade, o ator interpretará Nicácio — ou Nick —, o cabeleireiro-estrela da novela de Walcyr Carrasco.


“Antes de a novela ir ao ar, resolvi levar o jeitinho do personagem às ruas. Saio de brincos e unhas pintadas, solto o cabelão… As pessoas me olham torto, confusas. Acho que não acreditam que aquele ali é o Baiano de “Tropa de Elite”. Na minha companhia, meus amigos machões ficam sem jeito e começam a se soltar também. Essa leveza do Nick irradia”, conta o ator.

VEJA TAMBÉM:

“Estou adorando esse estado gay! Você fala barbaridades para as pessoas e elas riem! As mulheres se aproximam muito mais de mim assim do que do Fábio normal. Elas elogiam meu cabelo, perguntam sobre o megahair… A empatia é maior, sabe? A delicadeza é um chamariz num mundo tão machista” explica Lago.

Fofoqueiro e engraçado o cabeleireiro terá como clientes as mulheres ricas da alta sociedade de Palmas. Assumido, o personagem passará por problemas com violência moral e física.

“Ele apanha dos namorados e continua sonhando com um grande amor. Minha trama vai abordar o preconceito contra o nordestino homossexual”, explica o ator.


DEIXE UMA RESPOSTA