O autor Walcyr Carrasco
O autor Walcyr Carrasco (Foto: Divulgação/TV Globo)

Conhecido pela vasta lista de novelas escritas para a TV Globo, o autor Walcyr Carrasco se aventura também pela literatura infantil. Ele acaba de lançar uma nova edição do livro “Meus Dois Pais”, pela editora Moderna, que conta a história de preconceito vivido por um garoto, após seu pai se assumir como gay. Em entrevista ao blog Emais, o escritor falou sobre a sua motivação para escrever a obra.

“A presença cada vez mais forte das novas famílias nas escolas[foi o que motivou]. Acredito que o livro ajude o aluno a entender a família de um colega de classe e, esse colega, por sua vez, sinta-se menos excluído.”, afirmou Walcyr, que ainda lembrou que apesar do tema se mostrar atual, a primeira edição foi lançada há dez anos.

Leia Mais:


Clube em São Paulo organiza suruba em protesto contra a “cura gay”

Após receber prêmio, Fernanda Gentil ganha beijo de namorada orgulhosa

O autor ressaltou que a ideia central do texto não é falar da homossexualidade para crianças, e sim, dar uma lição sobre respeito aos pequenos. “No livro, o filho aprende a respeitar e amar o pai e o companheiro do pai. Mas também aprende a lidar com os colegas que fazem bullying na escola. Espero que, ao ler o livro, as crianças de famílias mais “tradicionais” entendam melhor o mundo do outro.”, declarou.

Livro Meus Dois Pais, de Walcyr Carrasco
Livro Meus Dois Pais, de Walcyr Carrasco Foto: Divulgação)

Responsável por escrever a primeira cena de beijo gay explícito na televisão brasileira, no capítulo final de “Amor à Vida” (2013), Walcyr Carrasco acredita que colocar a militância dentro do seu trabalho, ajuda a minimizar o preconceito. “Em um país onde ainda existem tantos preconceitos e tantas barreiras, é preciso estar atento, sim.”

“Mas não só (com) a questão da homossexualidade em si, mas também do preconceito racial que se evidencia em várias ocasiões e no apoio às pessoas com necessidades especiais. Somos uma sociedade em construção.”, avaliou.