Polícia francesa impede ataque terrorista em clubes gays

Polícia desfez uma ação violenta destinada a clubes LGBTs
Polícia desfez uma ação violenta destinada a clubes LGBTs (Foto: Reprodução)

A polícia francesa impediu um grupo terrorista de atacar clubes gays. De acordo com o ministro do Interior Gerard Collomb revelou um plano de ação violenta que estava destinado a locais frequentados pela comunidade LGBT, que foi desfeito este ano.

À imprensa local, o parlamentar não entrou em muitos detalhes, mas afirmou que vários incidentes foram enviados para forças de segurança do país nos primeiros oito meses, deste ano.

“O que o Daesh (Estado Islâmico) quer é dividir a comunidade nacional e criar confrontos entre os franceses. Esta é a armadilha em que não vamos cair.”, disse Collomb.


Leia Mais:

“É hora dos héteros ficarem mais quietinhos”, dispara Paulo Vilhena

Boate no Recife oferece entrada gratuita para pessoas trans 

Na manhã desta sexta-feira (15), uma explosão na estação do metrô de Parsons Green, em Londres deixou 22 duas pessoas feridas. Apesar de não haver mortos, apenas feridos, a polícia classificou o episódio como um incidente terrorista.

Vale lembrar que em 2015, um atentado a casa de shows Bataclan, em Paris, causou 90 mortes. Um ano depois, na Flórida, nos Estados Unidos um atirador abriu fogo aos frequentadores da casa noturna Pulse, 49 pessoas morreram.


2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA