Peça que retrata homem infectado pelo HIV de maneira consensual estreia nova temporada em outubro

Bug Chaser - Coração Purpurinado estreia no dia 04 de outubro
Bug Chaser - Coração Purpurinado estreia no dia 04 de outubro

Sucesso de público e crítica na temporada passada, o espetáculo Bug Chaser – Coração Purpurinado, da companhia Artera de teatro, está de volta a partir do dia 04 de outubro no Teatro Núcleo Experimental. A peça aborda polêmicos do universo LGBT, como barebacking (sexo sem preservativo) e bugchasing, quando um homem saudável procura outro portador do vírus HIV para ser infectado, de maneira consensual.

A montagem gira em torno de Mark, interpretado por Ricardo Corrêa – responsável também pelo texto – um advogado criminalista que está em quarentena após ser infectado propositalmente por um parceiro que contém o vírus HIV. Durante o processo, ele é analisado por uma voz, oriunda de um programa de inteligência artificial.

Leia Mais:


Teve muita pegação gay nos banheiros do Rock in Rio, diz jornalista

Lagy Gaga: “Eu só queria que a Madonna me beijasse e me dissesse que eu sou um pedaço de M****”

“Há uma distinção entre o que se chama barebacking e bugchasing. Nem sempre os praticantes de bareback buscam a soroconversão. Percebi que esse é um assunto sobre o qual não se fala, há um silêncio na comunidade LGBT e por isso decidi enfocá-lo neste projeto artístico, pelos diferenciais que ele carrega em si e por sua tamanha complexidade.”, explica Ricardo Corrêa.

Com direção de Davi Reis, Bug Chaser conta também com Leonardo Souza no elenco. Com estreia prevista para o dia 04 de outubro no Teatro Núcleo Experimental e a temporada vai até o dia 30 de novembro.

Serviço:

Bug Chaser – Coração Purpurinado

Onde: Teatro do Núcleo Experimental: Rua Barra Funda, 637.
Quando: Temporada de 04 de outubro a 30 de novembro – quartas e quintas às 21h.
Quanto: R$ 40
Vendas: Compre Ingressos 
Classificação etária: 16 anos.


DEIXE UMA RESPOSTA