Pabllo Vittar se recusa a dar entrevista para repórter trans: “Estrelismo”

A drag queen Pabllo Vittar
A drag queen Pabllo Vittar (Foto: Divulgação)

A repórter transgênero da Rede TV! Lisa Crazy afirmou ter passado por um episódio de mal-estar ao tentar entrevistar a drag queen Pabllo Vittar, durante uma festa em São Paulo, na última sexta-feira (22).

De acordo com o jornalista Léo Dias, do jornal O Dia, a cantora tinha até topado conversar com a repórter, mas a equipe do performer impediu a gravação, assim que a câmera foi ligada, argumentando que sua cliente não iria falar para a emissora.

Leia Mais:


Pabllo Vittar grava participação em A Força do Querer

Suprema Corte dos EUA decide caso de confeiteiro que se recusou a fazer bolo a casal gay

“Está cada vez pior o estrelismo dela. O que me chateia nisso tudo é que sou trans, ela é drag queen, e somos representantes de uma classe extremamente discriminada e excluída”, desabafou Lisa para a coluna.

Apesar da atitude vir da assessoria, a repórter acredita que Pabllo poderia intervir. “Não vejo Pabllo como celebridade, vejo como uma artista LGBT guerreira, batalhadora, vencedora e muito sortuda por ter encontrado pessoas que a ajudaram muito. Agora, ela está jogando fora a oportunidade. Não culpo só a assessoria, mas ela também. Afinal, ela viu tudo”, completou.


DEIXE UMA RESPOSTA