Igreja de Leverpool, na Inglaterra promete cura gay com terapia de jejum
Igreja de Leverpool, na Inglaterra promete cura gay com terapia de jejum (Foto: Reprodução)

Uma igreja de Liverpool, na Inglaterra, anunciou um tratamento que promete curar a homossexualidade submetendo os indivíduos a uma jornada de até três dias de jejum absoluto, sem nem mesmo consumir água.

O jornal Liverpool Echo encaminhou um repórter para o Ministério da Montanha do Fogo e dos Milagres, a instituição religiosa onde acontece o procedimento, que se passou por um gay. Segundo o seu relato, em uma conversa com o pastor assistente Michael ouviu que a homossexualidade “é um engano de satanás”, e que a terapia de oração ajuda a “corrigir” os desejos por pessoas do mesmo sexo.

Leia Mais:


Conselho aprova uso de nome social para alunos da educação básica

Heróis e princesas da Disney se transformam em transexuais nas mãos de artista americano

O religioso explica que a privação de alimentos dura em torno de 72 horas, e é uma espécie de “humilhação à alma” e garante que nenhum dos submetidos ao processo morreu em 20 anos ao qual é utilizado.

Em resposta a reportagem, o pastor chefe da igreja, Desmond Sanusi afirmou que Michael não estava autorizado em falar em nome da instituição.

DEIXE UMA RESPOSTA