Estudo australiano conclui que barba faz bem à saúde

Homem de barba
Homem de barba (Foto: Reprodução/Internet)

Atenção hipsters! Um estudo realizado pela Universidade do Sul de Queesland, na Austrália, apontou que mais do que um acessório estético, a barba pode fazer muito bem à saúde.

Os pesquisadores chegaram a conclusão que a presença de pelos no rosto ajudam a evitar os danos causados pela exposição da pele ao sol. Tornando assim, uma espécie de protetor natural aos raios ultravioleta.

Leia Mais:


Pesquisa revela que homens peludos são mais inteligentes

Fernanda Gentil lembra como contou aos pais sobre namoro lésbico: “Precisaram do tempo deles”

Dentre os benefícios está a diminuição dos riscos de adquirir câncer de pele, além de rebater o envelhecimento da pele, presenvando-a com o aspecto mais jovem. A proteção varia a partir da textura e tamanho do pelo.

A pesquisa constatou ainda que a barba pode ser responsável por evitar alergias e problemas respiratórios como a asma, ataques causados por poeira e pólen, fazendo a função de filtro e barrando as partículas invasoras.


DEIXE UMA RESPOSTA