Casal gay australiano recebe críticas após se dizer contra casamento homoafetivo

Casal gay se manifestou contra casamento homoafetivo
Casal gay se manifestou contra casamento homoafetivo (Foto: Reprodução/ABC)

Um casal gay australiano vem causando polêmica por se manifestarem contra o casamento homoafetivo, assunto que está em pauta no país, por causa do referendo organizado para consultar a opinião da população se a união entre pessoas do mesmo sexo deve virar lei.

Ben Rogers e Mark Poidevin vive um relacionamento há 15 anos, eles se conheceram há 15 anos em um site de relacionamento e desde então não se desgrudaram mais. Apesar de manterem uma união estável por tanto tempo, eles acreditam que apenas heterossexuais devem ter o direito de subir ao altar.

Leia Mais:


Fernanda Gentil faz declaração em aniversário da namorada: “preferi estar com você”

Escritor LGBT lança novo livro na Bienal do Rio de Janeiro

Em entrevista à rede de televisão americana “ABC”, eles afirmaram que são contra a liberação do casamento homoafetivo por acharem importante preservar a definição de matrimônio. “Se fizermos uma exceção para uma comunidade, isto é, os casais do mesmo sexo, onde isso irá parar?”, questionou Mark.

As declarações chocaram parte da comunidade LGBT, e pessoas que são a favor do casamento entre iguais, que passaram a acusar os rapazes de homofobia e auto-versão. Católico fervoroso, Mark se defende dizendo que se sempre se opôs a ideia de casamento homoafetivo, e a questão vem sendo discutida com o parceiro há mais de cinco anos.

“Na época, Ben disse que isso não era para ele, que ele não acreditava nisso, e eu disse: ‘E quando as leis mudarem, você gostaria [de se casar]?”, contou ele que garante ter recebido “não” como resposta do namorado.


DEIXE UMA RESPOSTA