Filme sobre Freddie Mercury será para todas idades e deve deixar AIDS de lado

O ator norte-americano Rami Malek caracterizado como Freddie Mercury (FOTO: Entertainment Weekly)
Bohemian Rhapsody† O ator norte-americano Rami Malek caracterizado como Freddie Mercury (FOTO: Entertainment Weekly)

A gente já comentou por aqui que o ator norte-americano Rami Malek vai viver o Freddie Mercury nos cinemas, lembra?

E nesta semana, a revista Entertainment Weekly divulgou em primeira mão, esta imagem aí em cima do ator como o vocalista da banda Queen nos sets de filmagem de Bohemian Rhapsody.

Na imagem divulgada, o ator aparece posando com o bigodão, com o jeans justo e a regata branca, característicos de Freddie Mercury


“Quando você é capaz de abrir os olhos e ver uma pessoa completamente diferente te encarando no reflexo do espelho”, afirmou Malek em uma entrevista para a publicação.

A cinebiografia vai contar a história do Queen desde 1970, quando Freddie se juntou a Brian May e Roger Taylor e promete ir até a última performance da banda no Live Aid de 1985, seis anos antes da morte do vocalista.

A trama terá partes cantadas usando tanto a voz de Rami Malek quanto áudios de Freddie Mercury.

“Usaremos Freddie e eu mesmo o máximo possível. No momento estou nos estúdios Abbey Road, se isso quer dizer algo. Não estou trabalhando na minha atuação” revelou o ator. 

“Queremos fazer um filme acessível, que celebra a música. Esse é o nosso foco. Temos que contar a história, é claro, a história de herói de Freddie, sua jornada pela música e por sua vida, mas de um jeito que o maior número possível de pessoas possa experimentar o filme, que é para todas as idades”, contou o diretor do filme Bryan Singer.

“Não quero fazer parecer que estamos nos escondendo dos específicos de Freddie e sua doença. A ênfase do filme é na música, e na jornada que Freddie construiu com esses outros três homens”, explicou o diretor.

Bohemian Rhapsody chegará aos cinemas em 25 de dezembro de 2018.


DEIXE UMA RESPOSTA