Voto popular pode decidir legalização do casamento gay na Austrália

Voto popular pode decidir legalização do casamento gay na Austrália
Australianos poderão votar através dos correios sobre casamento gay (Foto: TORSTEN BLACKWOOD/AFP/Getty Images)

A Austrália pode decidir legalizar o casamento gay no país através de uma maneira não muito tradicional. Depois de serem negados referendos e consultas populares, a população poderá votar voluntariamente sobre o assunto através dos Correios.

Segundo a Agência EFE, uma consulta popular não foi aprovada no Senado na última quarta-feira (09). Anteriormente, em novembro do ano passado, o plenário da Casa já havia recusado um projeto de lei que previa um referendo sobre o assunto. Por isso, agora a população poderá dar o seu voto de forma postal.

Leia Mais:


Papa Francisco felicita casal gay que batizou filhos em igreja

Anitta declara todo seu amor pelas gays em festa LGBT na Bahia

O primeiro-ministro Malcolm Turnbull anunciou que os australianos poderão votar voluntariamente, e que essa medida não requer autorização do Legislativo. Os cidadãos poderão coletar as cédulas de votos a partir de 12 de setembro, e deverão devolvê-las até 7 de novembro.

Caso a maior parte da população seja favorável à legalização, espera-se que em um mês essa matéria seja debatida no Plenário novamente. De acordo com pesquisas de ONGs australianas, 72% da população aprova o casamento entre pesssoas do mesmo sexo, então o esperado é que a legalização aconteça, de fato, este ano.


DEIXE UMA RESPOSTA