Site pornô se oferece para produzir a terceira temporada de Sense8

Site pornô XHamster propôs à criadoras lançar 3ª temporada de Sense8
Site pornô XHamster propôs à criadoras lançar 3ª temporada de Sense8 (Foto: Divulgação/Netflix)

Os fãs de Sense8 não mediram esforços desde o anúncio pelo fim da série, para tentar reverter a decisão da Netflix, petição online, protestos, entre outras ações foram tomadas para uma possível retorno, todas sem sucesso, mas agora parece que há uma luz no fim do túnel.

O site de filmes pornô XHamster divulgou um comunicado nesta quarta-feira (16) no qual propõe a Lili e Lana Wachowski, criadoras de Sense8, a produzirem a terceira temporada da história com eles, e exibirem os episódios em sua plataforma de vídeos. A série originalmente veiculada pela Netflix foi cancelada, após o final da segunda ano da trama.

Leia Mais:


RuPaul pode participar de todos os episódios de Drag Race no Brasil

Juiz de futebol sai do armário e se torna o primeiro árbitro gay do Reino Unido

Apesar da comoção entre os fãs, a plataforma de streaming não voltou atrás da decisão de decretar o fim da série. Porém, anunciou um episódio especial de duas horas para dar um desfecho digno a atração. Lana chegou a informar que mesmo com o cancelamento, estava escrevendo a terceira fase completa.

O texto afirma que as escritoras levem em consideração que a companhia não tem limitações e irá fazer o possível para que o sucesso continue. Além de ressaltar que o seu site tem uma audiência maior que grandes nomes na internet, como o The New York Times e Daily Mail.  Será que elas topam?

Confira a mensagem na íntegra:

“Queridas Lana e Lilly,
Nós recentemente lemos que vocês estão trabalhando na terceira temporada de Sense8, apesar de a Netflix não ter planos para renovar a série. Nós sabemos não é convencional, mas nós queremos trazer a série de volta – no xHamster.

Nós não estamos falando de uma paródia ou algo parecido, mas de um revival da série de verdade. Desde que lemos a respeito do cancelamento, nós estivemos pensando se poderíamos fazer algo. Enquanto estamos felizes que a Netflix decidiu dar um final pra série, antes de vocês concluírem a história, nós queremos que vocês considerem outra opção: deixem que xHamster produza a série. Nos escute.

xHamster atualmente é um dos sites mais acessados da internet. Nós temos mais visitantes diariamente que o New York Times, EPSN e o Daily Mail. Em resumo, nós temos o que é preciso. Diferente da Netflix, vocês não estariam competindo para ser parte de um orçamento de produção – seria de vocês.

Nós também temos disposição. Nós sabemos que a série tem um estilo que é dificil de vender em um lugar popular como a Netflix. Nós não temos essas limitações, e nós também entendemos implicitamente a interligação das sexualidades além dos limites que sua série representa.

O xHamster tem uma longa história de luta a favor dos direitos sexuais e sexualidades não-normativas. Além disso, nós permitimos que bilhões de usuários se conectem com suas articulações individuais de gênero e sexualidade, e continuamos a usar nossa audiência para falar contra as repressivas leis anti-LGBTQ nos EUA e a favor de educação sexual em escolas publicas, maternidade planejada e direitos dos trabalhadores sexuais.

Nós gostaríamos de marcar um encontro e ver se podemos fazer algo pelo futuro de Sense8. Nós sabemos que somos uma casa improvável. Mas há cinco anos, pessoas riram da ideia de que a Netflix poderia produzir uma série original. Nós achamos que chegou a nossa hora, como a deles chegou”.

 


DEIXE UMA RESPOSTA