Seita convoca norte-americanos para matar gays

Ku Klux Klan convoca pessoas para matarem gays nos EUA
Ku Klux Klan convoca pessoas para matarem gays nos EUA (Foto: Depositphotos)

Uma marcha supremacista foi organizada nas últimas semanas nos Estados Unidos, reflexo da onda conservadora que começou a assolar no país e também no mundo. O movimento contra negros, gays, mulheres, imigrantes e transsexuais assustou a todos pelo contexto que vivemos atualmente. Agora, um grupo está convocando pessoas no país para criar um massacre contra os homossexuais.

Cidadãos norte-americanos denunciaram a seita Ku Klux Klan de anunciar através de cartazes espalhados por várias cidades, disseminando o ódio e ameaças aos gays. Imagens dos folhetos começaram a circular pela internet, em um deles pode ser lido os seguindes dizeres: “Stop AIDS: Support Gay Bashing”.

Leia Mais:


Concurso de fisiculturismo no Rio elege homem trans com corpo mais definido

“Você salvou uma mulher hoje”, escuta jovem após ser estuprado em MG

Em outra peça informa que “Os homens homossexuais e seus atos sexuais são desagradáveis e desumados”, além de “Nossa raça é nossa nação”. O objetivo do grupo é claro, formar membros para matar gays

Os cartazes são divulgadas com um endereço de um site e um telefone pra os interessados que quiserem fazer parte do grupo. Ao entrar em contato com número é possível ouvir a gravação: “Salve nossa terra, junte-se ao Klan, poder branco”.

 

massacre gays, ku klux klan morte gays, ku klux klan convoca morte gays, morte gays seita, cartazes ódio gays, ameaças gays, grupo conservador morte gays

 


DEIXE UMA RESPOSTA