Secretário de Saúde em Rondônia é acusado de mandar matar ex-amante por causa de nudes

Assassino teria sido contratado por secretário para matar ex-amante
Assassino teria sido contratado por secretário para matar ex-amante (Foto: Reprodução/Facebook)

Eduardo Bezerra da Cruz, secretário municipal de Saúde de Espigão D’Oeste (RO), foi preso na última sexta-feira (04) acusado de encomendar o assassinato do ex-amante, um biólogo de 32 anos, morto na última quarta-feira (02), na região da Linha Bandarra.

O suposto mandante do crime afirmou que executou a vítima por pedido de Eduardo, que também foi responsável por atrair a vítima até o local, fazê-lo descer de seu veículo e levá-lo até o criminoso, que atirou nele repetidamente. O motivo teria sido que a vítima possuía fotos íntimas de Eduardo.

Leia Mais:


Kristen Stewart relembra namoro com Robert Pattinson e fala de bissexualidade

Aaron Carter revela ser bissexual e conta que ficou com um colega de trabalho

Os nudes do secretário, que é casado, estariam sendo usadas como chantagem pelo biólogo para que elas não fossem divulgadas. Eduardo confessou ter tido um caso extraconjugal com o homem no ano passado, mas negou ser o autor por trás do crime.

Tanto o secretário quanto o executor tiveram prisões preventivas decretadas. Eduardo, que além de servidor público é policial militar reformado, ficará preso em Porto Velho, e o assassino segue em Espigão D’Oeste. A prefeitura da cidade divulgou uma nota afirmando que Edna Schultz, que era secretária adjunta, assumiu o cargo de Secretária de Saúde até que novas medidas sejam definidas, e manifestaram sua “solidariedade para com as famílias envolvidas”.


1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA