Presidente do Chile apresenta Projeto de Lei que legalizará o casamento gay

Michele Bachelet
Michele Bachelet (Foto: Reprodução/Instagram)

Como já tínhamos comentado aqui, a presidente do Chile Michele Bachelet enviou para o congresso o projeto de lei para legalizar o casamento gay, nesta segunda-feira (28). Caso aprovado a medida modificará  o código civil do país. O documento apresentado denota “união entre duas pessoas” e não “entre um homem e uma mulher” como era definido até agora na legislação chilena.

O PL foi desenvolvido pela chefe de estado em conjunto com o Movimento de Integração e Libertação Homossexual (Movilh). “Fazemos isto com a certeza de que não é ético nem justo criar limites artificiais ao amor nem negar direitos essenciais só por causa do gênero das pessoas com quem se constituem casais”, declarou ela no palácio.

Leia Mais:


Produtor audiovisual acusa suposto segurança de shopping de ataque homofóbico

Em entrevista, Aguinaldo Silva explica porque não tem beijo gay em suas novelas

Mais tarde Bachelet acrescentou em seu perfil no Twitter, : “Não há condições para amar. Para continuarmos a avançar por um Chile inclusivo, hoje assinei o projeto-lei Casamento Igualitário.”, escreveu.

A expectativa da governante e seus aliados é que o projeto seja votado na pauta até o final do ano. Porém, uma parcela conservadora da bancada pode atrasar ainda mais o plebiscito e pode ser capaz que a pauta não seja votada antes do fim do seu mandato que acaba em marcço de 2018.

 


DEIXE UMA RESPOSTA