Pesquisadores descobrem a existência de golfinhos gays na Austrália

Pesquisa descobre que golfinhos machos mantêm relações sexuais entre si
Pesquisa descobre que golfinhos machos mantêm relações sexuais entre si (Foto: Divulgação)

Um grupo de pesquisadores da Murdoch University in Perth, na costa oeste da Austrália, observaram recentemente um grupo de 15 golfinhos que demonstraram comportamento homossexual uns com os outros. Isso inclui relações sexuais, similares às que machos e fêmeas fazem para acasalar.

“Neste grupo de 15 golfinhos, todos menos três, se organizaram em quatro subgrupos e na observação ficou claro o comportamento social e sexual deles, que inclui o contato crescente e genital entre os indivíduos”, afirmou Krista Nicholson, um dos pesquisadores ao Mandurah Mail.

Leia Mais:


Rico Dalassam processa Pabllo Vittar por direitos de Todo Dia, e música some do mapa

Modelos trans posam nus para campanha contra o uso de peles

A descoberta, apesar de parecer muito interessante para o público geral, não surpreendeu muito os próprios pesquisadores. “Golfinhos são extremamente sociáveis e também sexuais dentro e fora da época do acasalamento. Se há homossexuais no grupo, pra eles é natural que se socializem entre si”, contou Petter Bockman, que  tem uma tese na Universidade de Oslo que trata justamente da homossexualidade em animais.

“Estudos sobre o sexo indo além da reprodução entre animais só existem há 10 ou 15 anos, mas são um fato desde insetos até aves e mamíferos”, explicou Petter. “Quanto mais complexas as interações sociais das espécies, como é o caso dos golfinhos, mais espaço há para o sexo a e diversidade sexual”. Diversos outros estudos ao redor do mundo já observaram comportamento homossexual em golfinhos, pinguins, leões e outros animais.


DEIXE UMA RESPOSTA