Pastor ex-gay critica novelas da Globo por tentar destruir as famílias

Pastor Isidório criticou transição de Ivana em A Força do Querer
Pastor Isidório criticou transição de Ivana em A Força do Querer (Foto: Reprodução/Divulgação)

Conhecido por suas declarações polêmicas, o deputado estadual da ala conservadora Pastor Isidório (Avante-BA) afirmou em entrevista ao site RD1, que a Rede Globo e suas novelas estão a serviço do inferno com o intuito de destruir as famílias. O velho discurso de que o avanço a direitos dos LGBTs e uma maior representatividade na mídia ameaça os membros das instituições ditas tradicionais.

O parlamentar, que se considera ex-gay, criticou a cena da novela A Força do Querer, na qual a personagem Ivana (Carol Duarte) revela para a sua família ser um homem transsexual, exibida na última terça-feira (29). Para ele, o folhetim está incentivando os jovens a trocarem de sexo, e que a Globo é quase que uma instituição criminosa.

 


“A Rede Globo está virando escola de putaria, de nigrinhagem e de roubo. Está se especializando nisso. Está se especializando em destruir a família. Pense em uma rede de televisão que está agindo como alguém que está emprestada ao inferno para destruir as famílias? É a Rede Globo”, declarou.

Leia Mais:

Propaganda na TV australiana faz campanha contra o casamento gay

Em entrevista, Aguinaldo Silva explica porque não tem beijo gay em suas novelas

Ainda na publicação, Isidório continuou falando os seus absurdos, como defender que os homossexuais continuem a se esconder para não mostrar para uma maioria da população as suas preferências sexuais. “A Rede Globo só tem cena de prostituição, de homossexualismo(sic). Não tenho nada contra as pessoas do homossexualismo (sic). Agora tem que ter os seus locais.”

O político atacou também o fato do número de cenas de sexo nas produções, fazendo referência a uma cena exibida na série Sob Pressão e que por motivos como esse a concessão da Globo deveria ser cancelada. “Dez horas dá noite já tem homem trepando com mulher. E pior de tudo isso: ainda estava engarguelando. Imagine? Uma tentativa de assassinato no meio do sexo? Não era um estupro… Foi um sexo feito a dois. Aí depois ela tenta se defender com uma faca. Então, essa nação está sendo transformada em um cabaré!”.”, disse.

 

 


DEIXE UMA RESPOSTA