Jovem recebe mensagem anônima sobre namorado soropositivo e dá lição nos preconceituosos

Jeandro Borba publicou um post no facebook sobre como é namorar um soropositivo
Jeandro Borba publicou um post no facebook sobre como é namorar um soropositivo (Foto: Reprodução/Facebook)

Uma mensagem anônima recebida pelo jovem gaúcho Jeandro Borba, de 29 anos, no aplicativo Sarahah fez com que ele iniciasse uma discussão a partir de uma publicação no Facebook sobre a diferença entre HIV e Aids e quebrar preconceitos em torno dos indivíduos soropositivos em relação a sociedade.

“Teu namorado tem aids”, dizia a mensagem não identificada no app, que permite que usuários enviem e recebam mensagens anônimas para dar feedbacks positivos ou enviar elogios e críticas a outras pessoas. Diante da surpresa, Borba resolveu escrever um post na rede social para esclarecer a possibilidade do convívio de um casal sorodiscordante, quando apenas uma das partes tem o vírus.

“Primeiro, gostaria de deixar bem claro que palavras como essa não me ferem, tão pouco afetam meu relacionamento”, iniciou ele. “Mas como senti que elas estão carregadas de falta de informação, preconceito e maldade e por ser Servidor Público que atua no Sistema Único de Saúde, onde uma das minhas atividades é esclarecer as pessoas sobre doenças, tratamentos e prevenções, me sinto com obrigação de te esclarecer algumas coisas”, completou.


Leia Mais:

ABGLT inclui pessoas intersexo e convida para fazer parte do coletivo

Pesquisa mostra que gays HIV+ indetectáveis não conseguem transmitir o vírus

Borba continua o relato ao explicar a diferença entre ser portador do HIV e a doença Aids, fala do tratamento que mantém a quantidade do vírus no organismo da pessoa controlada e como estes procedimentos podem levar ao soropositivo a carga viral indetectável, quando o portador do vírus não é capaz de transmiti-lo para o parceiro sexual.

Por fim, Jeandro informa que desde o início do namoro sempre falou abertamente com o namorado sobre o assunto e aproveitou para alfinetar os preconceituosos. “Desde o início conversamos muito sobre o assunto e estamos muito bem preparados pra receber esse tipo de preconceito e saber lidar com ele, jamais esse tipo de frase afetará o que sentimos e o que vivemos”, conclui.


26 COMENTÁRIOS

  1. Tudo errado nessa historia primeiro tentar ofender outro segundo pessoas se acham melhor que outras mas esquecem ou negligenciam a saúde com sexo sem proteção, Sendo o Brasil o pais da contra mão seja ela na prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, na politica, na ética, no numero de homicídios e na corrupção, logo vamos melhora nos mesmos para mudar esse pais

    • Algumas pessoas são e têm país. E sabem que criam os filhos pro mundo e precisam acolher e entender que cada filho tem um história. Outras pessoas acham que ao colocar um filho no mundo estão se clonando e esperam que suas cópias sejam mais perfeitas que eles. Não amam, comandam. Pelo seu comentário idiota, Robert,o vejo que se encontra na segunda forma de concepção…. a dos ignorantes.

    • Você é feliz com sua sexualidade? Se for ótimo ,senão como se sentiria se fosse você nesse caso? Iria ligar para o que seus pais pensam ou ia tentar ser feliz, iria ignorar ou ceder a opinião deles. Ninguém tem o direito de julgar ninguém, cada um faz da sua vida o que bem desejar. Hoje podes está na condição de julgador, amanhã podes ter um filho ou uma filha homosexual e aí vai ajudar nas críticas como as suas. Ou vai defender -los. Pleno século XXI e ainda tem pessoas como você. Preconceituosas e ignorantes. Não sou a favor nem contra sou apenas uma pessoa que não julga. Por que o outro não tem que me explicar nada, cada um cuida da própria vida.

  2. a cara da aids é a mesma da cara da metanfetamina, apodrece em vida sofrendo bastante, enquanto isso o servo de Deus se alegra com uma consciencia tranquila.

  3. Realmente ser soro positivo e ter AIDS são diferentes, agora se ele acha que por ter carga viral indetectável não é possivel transmitir o vírus, em algum tempo serão os dois soro positivos.

  4. Estamos em um pais q tudo pode políticos roubao policiais Matão trabalhadores e nada acontece então pra q se preocupar com vida dos outros quem vai fazer isso com certeza e Deus cada um pagara PoR seus erros acho q ele não aprovaria muitas coisas mais quem sou eu pra saber

  5. Apenas um esclarecimento: O HIV é transferido mesmo com a carga viral baixa. Aliás, nessa fase que o indice de transmissao é alto, pois a pessoa pode ser portadora e não sabe. A melhor maneira de evitar a contaminaçao é fazer sexo seguro sempre. USE CAMISINHA!!!!

  6. Esse povo precisa de esclarecimento! Soropositivo em tratamento com a carga viral indetectavel não transmitem o vírus. São muito mais seguros que um babaca como esse Roberto! A ignorância está reinando pela falta de informação!

  7. Sempre ouvi dizer que se alguém portador do vírus do HIV sempre fizer o uso de preservativo, que não ocorre transmissão do HIV a outras pessoas. Podendo ter uma vida sexual normal se fizer o uso de preservativos.

DEIXE UMA RESPOSTA