Internet institui dia dedicado aos tios gays

O 14 de agosto se tornou oficialmente o dia do Guncle
O 14 de agosto se tornou oficialmente o dia do Guncle (Foto: Reprodução/Internet)

A internet começou um movimento para instituir o 14 de agosto como o dia do guncle, junção das palavras gay e uncle (tio em inglês), a data faz referência não só aos parentes de sangue, mas também aqueles de consideração.

A ideia surgiu em maio de 2016, Facebook. A proposta foi feita pelo usuário C.J Hatter do estado da Flórida, nos Estados Unidos, mas a data só ganhou força mesmo em agosto do mesmo ano, após o jogador de rugbi Simon Dunn fazer uma publicação em suas redes sociais para convocar outros homossexuais para celebrar também.

Leia Mais: 


“Saio na porrada”, afirma Popó sobre filho gay sofrer homofobia

Donald Trump cancela planos de proteção à LGBTs nos Estados Unidos

“Meu objetivo ao promover esse dia é normalizar o papel de tio/primo/irmão que são gays”, explicou Dunn à revista Instinct Magazine. “Quanto mais visibilidade nós tivermos e quanto mais nós, e as pessoas que amamos, falarmos sobre o assunto, mais confortável a sociedade vai ser conosco”, completou.

Outros famosos já aderiram ao movimento, como o jornalista Anderson Cooper que postou um vídeo comemorando a data no dia de ontem (14). No Brasil, o engenheiro civil João Victor Araújo, também se identifica como um guncle, por ser tio de quatro crianças. Morando no Rio de Janeiro, ele viaja todo mês para ver o sobrinhos, e garante que os mais velhos de 7 e 8 anos, aceitam a sua orientação sexual.

“Muita gente fica preocupada sobre ‘como meu filho vai entender?’. Acho que ser tio gay não é muito diferente de ser tio hétero”, comenta Araújo que ainda conta que os pequenos costumam perguntar sobre o “tio Bruno”, seu namorado. “Eles nunca questionaram a dinâmica e minha irmã (mãe das crianças) sempre deixou muito claro que amor é amor e não faz diferença”, afirmou.


DEIXE UMA RESPOSTA