Ex-funcionária, Mulher trans processa a Amazon por transfobia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A mulher trans e ex-funcionária da Amazon Allegra Shane entrou com um processo contra a empresa de e-comerce por supostamente ter sofrido discriminação e assédio dentro do ambiente de trabalho. A ação foi movida também pelo seu marido Dane Lane, junto com a Transgender Defence & Education Fund.

Allegra afirma ter sofrido ataques transfóbicos de outros colegas de trabalho no período que atuou na companhia, desde ofensas até agressões sexuais, atribuida a um rapaz em questão. Os problemas foram denunciados ao RH da Amazon, mas segundo ela nada foi feito.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia Mais:

Mulheres trans podem ser atendidas em Delegacias da Mulher no Rio

Prestes a vir ao Brasil, Fifth Harmony lança clipe para Angel; assista

Além disso, Allegra afirma receber as piores funções dos seus superiores na hora de distribuir os afazeres. Outro episódio relatado foi em um dia quando passou mal, e foi impedida de se dirigir até a enfermaria.

O companheiro de Allegra também acredita que o carro deles tenha tido os freios danificados intencionalmente enquanto ela deixou o veículo estacionado no trabalho.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio