Em entrevista, Pabllo Vittar dispensa rótulos: “Não gosto de me encaixar”

Pabllo Vittar diz que está levantando a bandeira da visibilidade (Foto: Divulgação)
Pabllo Vittar diz que está levantando a bandeira da visibilidade

Em entrevista para a revista Época, a drag queen Pabllo Vittar falou sobre a bandeira do movimento LGBT, do recente sucesso na música e do chamado “pop trans”, da qual ela se tornou uma grande representante, apesar de não se identificar como transgênero.

Pabllo se reconhece como gay e drag queen, mas também evita rótulos muito certeiros. “Sou gay, me relaciono com homens, e também sou drag. Mas o que é ser menino? Menina? Trans? Não gosto de me encaixar, meu negócio é transitar”, afirma ela.

Veja Também:


Anitta e Pabllo Vittar rebolam muito mais no clipe alternativo de Sua Cara; assista

Vaza suposto nude do chef de cozinha peruano Frango Noriega

Sobre sua importância atual na música LGBT, a cantora diz levantar a bandeira da visibilidade. “Independentemente da sexualidade, podemos ser o que quisermos. Tenho noção de que estou no olho do furacão de um movimento”, explica. Já sobre o “pop trans”, ela concorda que é uma revolução: “Seria hipócrita dizer que não. Vamos sair pessoas diferentes após tudo isso que está acontecendo”.

A performer também contou sobre como anda a vida amorosa, em entrevista ao stylist Matheus Mazzafera.  “Sou muito alta e eu gosto de caras mais altos que eu, mas eu não acho”, confessou (ela tem 1,87m de altura), apontando dificuldades em encontrar um namorado. Mas também garantiu que não fica sozinha! “Os boys são muito… Mas um dia eu quero namorar. Não fico sozinha, eu beijo pencas na boca”.

 


DEIXE UMA RESPOSTA